Os 7

Esse mundo imenso

que rescende o teu peito

te diz o calendário

o quanto eu queria

estar contigo?

Era o balanço colorido

o abraço tão aguardado

e depois nem sabia

qual fora o dia

– cheguei, porém, no horário

Todo dia é o quadro que vejo

onde surge: o teu sorriso

É hoje que tanto demora

é sábado que passa rápido

e o vinho desaba

sobre nossos ombros

a apagar o passado

Te disse? Ou não?

Eu só sei amar

à beira-mar

dou-te a mão

e o olhar:

o entra e sai dos navios

no porto e o vôo

das garças em alvoroço

a conversa no almoço

o mar revolto, a chuva

torrencial e o nosso sono

Ao meu lado, te quero

companheiro em estradas

de chão e na areia da praia

a rir das crianças

e nos desvios do caminho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: