Dia especial

De que saudade não se morre

Que de amor não correspondido se vive

 

Que nem a água quente do chuveiro me convence a sair para o aquecedor no quarto

 

Lá no Céu haverá Platão atendendo os platonistas daqui

 

Eu nunca traí porque nunca me traio

Enfim, não estou com alguém que não desejo e nem desejo alguém que não tenho

 

Há pessoas que alimentam a nossa alma e o nosso corpo

 

Há quem tenha orgasmos múltiplos ao perseguir os outros

 

Eu desistiria de voltar para a casa se meu destino assim pedisse

 

E eu gosto do sol depois de tanta chuva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: