Desprezo

 

Eu ontem pensei num breve texto sobre o meu desprezo para pessoas que me dão indiretas.

 

Mas, enfim, hoje ele parece fazer mais sentido, incluindo as pessoas que dão diretas.

 

Tanto para uns quanto para outros a resposta é a mesma: desprezo.

 

Porém, ontem ao pensar apenas nos que me dão indiretas (sendo indiretas, normalmente nem sei que são para mim, não parece óbvio?), eu pensei que eles recebem de mim desprezo. Contudo, para alguém do nível de agir desta forma, nem o meu desprezo parece fazer alguma diferença, não é mesmo? Dá indireta por quê? Medo do revide?

 

E hoje surgiram os que “falam” diretamente comigo. Aham… falam sozinhos, porque a resposta é a mesma: desprezo. Esses, porém, parecem gozar de algum obscuro prazer de receber nem migalhas, mas apenas desprezo.

 

Ó, pobres almas… que nem o Céu nem o Inferno os merecem, nem a Terra (vejam lá, nem todos acreditam nessa história de Céu e Inferno). E me incluam na lista, pois nem eu mereço!

 

Mas se mereço é igual um prêmio que quando ganho não vou buscá-lo. Deixo aí o meu até que apodreça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: