X-polenta

 

E nas voltas que a vida dá, volteei muito nos últimos dias, tanto mentalmente quanto fisicamente. Aumentei um pouco aquela lista das coisas inéditas e pensei, pensei muito.

 

Pensei em uma pessoa que ronda minha vida e que deixou aquele sentimento de “um dia nos veremos novamente”. E os caminhos já se entrecruzaram de tantas formas que é impossível não pensar assim. Mas, talvez seja só mais uma ilusão. Ilusão assim, pelo menos, não machuca, não faz perder o tempo precioso dessa vida, nem faz de mim uma pessoa pior.

 

Pensei que quanto mais traço meu caminho naquilo que estou fazendo agora, mais penso no depois. O negócio é traçar uma meta, buscar muito as melhores condições para isso, abandonar o que for preciso, perder noites de sono planejando e estudando e não dizer que são sonhos, pois são objetivos.

 

Escrevo só para acrescentar à lista que comi x-polenta. Coisa de interior, no interior, feito por aquela italianada de interior.

Escrevo só para dizer que estou por aqui, mas cada vez mais longe. Jamais longe de mim.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: