Verde-esmeralda

Deixe saudade

do meu sorriso

ao subir a rua do morro

das ondas

em dia de mar revolto

da rede

no calor abafado

do sofá

na tarde calma

de pedalar

sob a chuva fria

 

Deixe saudade

de madrugadas

na Paraíso

dos silêncios

e dos telefonemas

daquela terça

de céu estrelado

da tristeza revisitada

no entra e sai do porto

do teu abraço

no verde-esmeralda

 

Vá, Verão…

deixe-me com toda a saudade

em cada entardecer

que ainda há

não me despeço já

e seja eterno no meu olhar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: