Não me peçam respostas

 

Ontem fazia muito calor, mas lá pelo meio da tarde o vento mudou de direção e o tempo virou. Fiquei lá em cima vendo o temporal chegar pelo oeste e o sol que se punha logo ao lado.

 

Já final da noite começo de madrugada, como tem sido todos os dias, as vontades insanas me assaltavam: desejo de sair. Desejo de andar pela escuridão com o vento no rosto. E fiquei, na cama confortável, o fresco só mesmo do ventilador e da varanda aberta. Dormir? Nem sei mais se sei o que é isso.

 

Alta madrugada o vento além de mudar para sul ficou mais forte e uivava pelas frestas. O uivo do vento… como se ele uivasse dentro de mim. E eis aqui mais um dia. Não sei se posso esperar. Mas o que eu espero? Não espero nada mais. E de onde vem a incessante vontade de seguir?

 

Seguir para onde? Para a casa da mãe, penso comigo mesma. Sim, talvez seja uma boa opção. Para a praia, talvez. Para meu refúgio, quem sabe. Pegar a bicicleta e dar aquela volta pelo bairro. Para a terrinha, talvez, para fazer compras e matar a saudade. Talvez: palavra e ordem do dia.

 

E me pedem respostas. Não me façam perguntas! As pessoas fazem perguntas demais!

 

Fiquei aqui vendo e ouvindo os aviôes levantarem vôo e pousarem… como se um pouco de minha alma fosse e chegasse com cada um deles… posso passar horas vendo os aviões nas suas idas e vindas.

 

O ar frio, o céu se abrindo e não tenho respostas. Tenho a mente fixa em pegar a estrada, novamente.

 

Não estou inquieta, nem ansiosa, nem espero resultados ou respostas.

 

Queria me esvaziar de mim para poder descansar. Me esvaziar de mim, talvez seja isso.

 

Me pedem coisas que eu não posso fazer. Respostas que eu não posso dar. Presenças que eu não posso oferecer.

 

Às vezes é preciso voltar para continuar, esvaziar para encher. Não responder para encontrar respostas.

 

E talvez uma pedalada hoje, uma praia e uma viagem amanhã resolvam tudo. Se não resolverem, certo que ajudarão.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: