O teu segredo

Tem um segredo

escondido no teu quarto

a cada hora que cai

se derrete mais o teu peito

segredo que não contas

ao veneno do vento

que tens envolto

num lenço de quatro pontas

teu segredo deixa o ar frio

te consome em chamas

de medo e apreensão

te afoga no denso rio

Eu sei onde escondes

o teu segredo.

Na luz apagada

na porta fechada

no silêncio estático

a alma acesa

os olhos abertos

a pele trêmula.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: