Convidado

Esta boca

não tem teus beijos

nesta cintura

não tem sinais das tuas mãos

Tola fui

festa fiz

na tua chegada

e não te vais

para sempre.

Presença sutil

quando quase esqueci

teu cinismo me alcança

a nossa música toca

queres presente

me contas tuas conquistas

e eu não sou tua.

Por que não me esqueces?

Desacreditei o coração

te abandonei nos sonhos

tola fui

e quis tua vida

– esta que tu já tens.

Perca-me do teu caminho

guarde pra ti as ilusões

cala – o que não vivemos.

No jardim tem convidado

arrumei a casa

limpei as vidraças

ouço novas músicas

é hora de abrir a porta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: