Em ilhas

Teu traçado mínimo

à flor da pele

em engastes dourados

no meu coração

Em Ilha te fazes

em ilhas me desato

carrego teus caminhos

em memórias ilustres

do que percorri

insensatas flores

desabrochavam em ti

Só e nós nos encontramos

no silêncio dos morros

e nas cores do pôr do sol

nas noites frias

e no vento à beira-mar

Cresci aos teus pés

e em ti menina me sinto

foi assim possível

despedir-me e partir

Os amores eternos

não nos aprisionam o medo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: